quinta-feira, dezembro 13, 2007

O Parto a «4 Mãos»

Aqui fica um «breve» relato do dia e vésperas da mana ter nascido. Foi escrito pelos meus papás.
É natural que depois eles se vão lembrando de mais pormenores mas pelo menos fica aqui o básico.

«A consulta estava marcada para quinta-feira (dia 6) às 15:10h.
Na noite anterior andei a arrumar a casa apesar do Bruno dizer que eu deveria era estar quieta. Lembro-me de lhe dizer «Amanhã é dia 6, deves pensar que volto para casa...». Ele respondeu «Tu não me assustes...»
Como ele ia trabalhar, tínhamos duas opções: ou íamos todos muito cedo, pois ele tinha que estar no trabalho perto das 8h, ou a mamã iria lá ter perto das 11:30h mas depois teríamos que voltar em dois carros (cerca de 50Km). Na verdade eu não me sentia capaz de conduzir, principalmente de voltar e apanhar um trânsito descomunal... Assim, fomos todos muito cedo.
Estive em casa da minha mãe e depois almoçámos com os meus sogros.
A minha mãe despediu-se da minha barriga e disse que provavelmente seria a última vez que me veria assim, grávida.
Quando íamos a entrar no carro em direcção à Clínica, o Tiago disse «os doutores vão tirar a maninha da barriga?»
«Não, respondi eu, ainda falta filho, vamos só falar com a doutora...»
(Mal eu sabia que além dele ter acertado no sexo da mana também iria acertar no dia do parto...)
O objectivo desta consulta era mostrar a última ecografia (feita no dia 30) e as análises do 3º trimestre. Combinámos ir mais cedo para vermos a maternidade, por isso chegámos lá perto das 14h.
À entrada comprámos o Borda D´ Água para 2008 (esta parte de é «extrema» importância...lol).
Visitámos os quartos, o berçário, a sala de parto e a sala do recobro, tudo no 3º andar. Descemos ao r/c para beber um café porque ainda faltava muito tempo para a consulta. Perto da hora marcada para a consulta subimos ao 1º andar e esperámos...
O Tiago que tinha estado sempre a dormir acordou para lanchar.
A meio da espera, eu ainda disse ao Bruno que ficaria muito admirada se a médica dissesse que não estava com dilatação nenhuma...
«Olha, tu vê lá...» - respondeu ele.
Fomos chamados perto das 17h.
Entrámos, a dra. mediu-me a tensão, pesou-me, e depois de eu lhe dizer que estava constantemente com contracções (noite e dia) ela disse «estou curiosa para ver o seu cólo».
A mamã ainda lhe disse que não tinha a mala pronta para a maternidade...
Depois de ter visto o cólo do útero (o que doeu MUITO) a médica disse: «tu já estás com 4 para 5 dedos de dilatação... »
O Bruno estava sentado do outro lado da cortina e deve ter apanhado um valente susto...
Perguntei à médica se por acaso não estava a brincar e disse-lhe para não me assustar.
«Não estavas a pensar ficar cá internada pois não? É que se não nascer hoje nasce amanhã. Como é que queres fazer?»
«Mas eu não tenho roupa nem nada...» - disse eu.
«Isso não é problema porque o hospital tem...» - disse a dra - «mas tu não sentes dores?»
«Não, sinto um aperto e falta de ar quando tenho contracções, não me dói nada...» - disse eu.
«És uma sortuda!» - disse ela e todos nos rimos - «daqui a 2h têm a criança cá fora...»
«Andei eu a gastar tanto dinheiro em roupinhas...» - disse eu - «bom, mas se tem que ser...»
É claro que a médica e a assistente que já tinha sido chamada, se começaram a rir.
Telefonei logo à minha mãe e o Bruno à mãe dele.
Depois de termos gerado o pânico em toda a família, lá fomos novamente para o 3º andar. Desta vez não era só de visita...
O Bruno nem saiu do elevador, voltou a descer (r/c) com o Tiago para ir preencher a papelada. Até se esqueceu de levar os meus documentos...
Nem sei o que se passou pela minha cabeça naquela altura. O peso da responsabilidade de resolver tudo e fazer tudo bem, nem me deixou interiorizar a ideia. Ainda naquela noite iria ser pai novamente.
No 3º andar já estavam várias pessoas à minha espera: auxiliares e enfermeiras. Depois de lhes contar o que tinha acontecido ainda disseram «esta senhora nem parece que está com 6 cm de dilatação...» (informação dada pela dra ao telefone).
Que risota e que conversa amena que ali se instalou...
Levaram-me para o quarto (antes que a Joana nascesse) e pediram-me que me despisse e vestisse uma bata. Eu nem chinelos de quarto tinha...
Fiz dois telefonemas. Um para uma amiga especial (não atendeu porque também estava a dar entrada noutra maternidade) e outro para a primeira pessoa que soube desta gravidez a seguir à médica, ao pai e ao farmacêutico que vendeu os primeiros medicamentos
(vitaminas). Sim Luísa, foste tu!
Entretanto chegou o Bruno e o Tiago. Viriam duas máquinas fotográficas a caminho (dos tios) para se poder registar o momento...
Não me lembro quantas vezes verifiquei se tinha as duas máquinas no bolso, e se tudo correria bem e se teria tempo para registar os momentos mais importantes.
Pouco depois chegaram os avós paternos do Tiago para tomarem conta dele e o levarem para casa deles quando fosse a altura. Mais tarde chegou a avó Clara, o tio Rui, o tio Rafael e a Pipas.
Todos vieram até ao quarto (em alturas diferentes) para desejar boa sorte.
Chegou uma altura em que ficámos sós os dois no quarto... Deve ter sido tão pouco tempo que só deu para explicar o que o meu corpo sentia... Nada de dores, apenas apertos muito fortes que me faziam ter que respirar fundo muitas vezes...
Ligaram-me um monitor, puseram o soro...

Foto excluída.

19:21h

Amanhã conto mais um bocadinho e ainda ponho uma foto da minha «linda» figura na sala de espera...

Adenda (by Joana) - Parabéns para mim! Hoje faço uma semana às 23:38!

20 comentários:

Joana disse...

eheheheheheh, imagino como foi, ngm tava nada á espera, mas correu tudo bem e isso é que interessa!!
E é cá uma miuda gira a nossa Joaninha, que ricos papás que fizeram ums miudos á maneira ;)

BEijinhos para vcs!

María&Peste disse...

A Joaninha quis vir inesperada para fazer uma surpresa a todos!
Ela é mas é esperta, quis vir antes do Natal para abrir as suas prendinhas LOL LOL

Bjnhos

P.S - "assisti" a um parto da minha amiga Inês nessa clínica :) as enfermeiras todas tão simpáticas, ela teve um tratamento mesmo excepcional! E a Rita também quis ir para a Neonatologia, mas ficou lá 9 dias........vieste ter a Joaninha tão longe...

ALEXIA disse...

vou dizer s+o isto, mal posso esperar pelo resto da história...estou viciada neste conto confesso

PS- sim o borda d' agua IMPORTANTE

beijos a rir contigo e nervosa pelo final

verdade Parabéns à joanhinha

RuteNeo disse...

:D Agora fikei super curiosa em ouvir o resto da história! Faz-m "reviver" em pensamento momentos ineskeciveis...
Mts beijinhos ;)

Sandra e Amaro disse...

Que lindo!!!!!!!!!!!1
Ainda bem que n sentistes dores...

Jocas e aguardo para amanhã mais pormenores

Ana Guida disse...

ahhh fiqei curiosa pra saber o resto :P a foto do post anterior ta tao linda :D e uma fofura, a tua filha...bjs*

Ana Fundo disse...

Estou a adorar a descrição de tudo :-)
E continuo a adorar a tua menina, é LINDISSIMAAAAAAAAAA!!!
Beijos

PatLeal disse...

Lindo :)


Parabéns por uma semaninha.


Jocas

Rita disse...

Parabéns!

Tens uma mana muito linda...
Sei que já mal te lembras de mim, mas sou eu, a tua tia doida.
Desculpa a negligência do último ano, mas fica sabendo que nunca me esqueço de ti e dos teu papás.
Muitos beijinhos para ti e para eles... até breve

free browny disse...

fico a espera da continuação ;) ja te disse varias vezes, e volto a dizer que adoro ler-vos!!
jokinhas grandes
filipa & tomás


p.s. grande surtuda... pelo menos adores ainda nao tives-te!!!! ;)

disse...

Ai o que eu adoro relatos de partos! Ainda por cima por alguém que escreve tão bem ;)

Acho é que é uma maldade ficar aqui tudo em suspense até amanhã :S, mas pronto eu compreendo que a Joaninha precisa de ti e que não deves andar assim a esbanjar tempo.

Olha... e o Tiaguinho como tem reagido à mana?

Beijinhos

Patricia disse...

Ainda bem que correu tudo bem :)

Mae Princesa disse...

Parabéns Joaninha!!Deve ser esquisito acontecer tudo assim inesperadamente....Das duas vezes que tive, foi com dia marcado sendo que o André acertou no dia marcado e resolveu rebentar a bolsa....Bjo!

Coisas minhas disse...

Já não sei o que dizer! Fiquei tao feliz! Ela é linda!

Beijinhos

beedrill disse...

bem a Joaninha vai gostar de fazer surpresas...isso é certo...estou anciosa por saber mais...NÃO TINHAS DORES????ai , ai,...assim é facil...lol
beijinhos grandes para os 4

Maria disse...

parabens pela Joaninha... Fiquei surpresa, mesmo :)

bjnho

carla lourenço disse...

É engraçado o relato, faz-me voltar atrás no tempo, apesar de nunca ter feito nenhum parto natural. Ainda bem que não sentiu dores, tendo assim a oportunidade de apreciar mais a situação.
Parabéns e beijinhos
carla

mamã disse...

A Joaninha é uma princesa linda... mas vai ser uma traquinas... já gosta de pregar surpresas e tudo! :)
Quero mais... quero saber tudo...

E tu, Joaninhja linda, parabéns pela tua primeira semaninha de vida!

Bjs grandes para todos!

docinho disse...

Ela quis vir conhecer o PAI NATAL ; )))
E fez muito bem!!!

Beijos relatados

Mónica disse...

Meu Deus, que emoção!!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin