terça-feira, janeiro 24, 2017

Faturas e mais faturas....

A saga da mudança de operador de telecomunicações ainda não acabou. Desta vez não é o Tiago o culpado, é a própria operadora de telecomunicações. O papá chegou a casa no início da semana passada ao fim do dia e passou-se quando leu uma carta que eles enviaram a dizer qual seria a data final para efeitos de faturação. Pegou no telefone e saiu em fúria para um lugar calmo e isolado para desancar os senhores de alto a baixo.
Depois deste dia todos os dia falou com eles ao telefone para esclarecer o assunto, e aparentemente já deverá estar parcialmente resolvido. Parcialmente porque ainda não emitiram a tal fatura do mês que corresponde ao final do serviço.
Cheira-me que ainda vão haver mais capítulos desta novela.
Até lá o papá anda nervoso e stressado ainda mais...não chegava já o excesso de trabalho....


segunda-feira, janeiro 23, 2017

As bilhas contra-atacam...

Chamamos-lhes BILHAS mas são botijas de água-quente.
Cá por casa somos uns viciados.
Todos sabem que, tirando os gatos somos quatro.
Se na foto estão três bilhas quem será o desgraçado que fica com os pés frios?
Eu, a Joana e o papá!
Sim, são as três bilhas da mamã... A minha a e da Joana estragaram-se no inverno passado.
Pronto, a mamã costuma emprestar a vermelha à Joana e a do mocho tem lá dentro alfazema. A mamã só a usa quando lhe doem muito as costas.
Eu, já pedi uma e pelo que ouvi está para breve... veremos se chega antes da primavera!

domingo, janeiro 22, 2017

Como é que sabes que a tua Mãe...

... e o teu Pai se preocupam realmente contigo?
A mamã costuma comprar a revista Happy Woman, não tanto pelos textos, mais pelas imagens que usa para fazer colagens.
(Se alguém tiver aí algumas que não precise, tenho a certeza que ela agradece!)
Numa das páginas está escrito isto:
(clica na imagem para leres a parte a azul)
A mamã fez-me logo a mesma pergunta ao que respondi:
"Se eu vou atravessar a estrada sem olhar para os dois lados vocês dizem-me logo para ter atenção porque se preocupa comigo e não querem que eu me magoe."
Dei a resposta certa não dei?

sábado, janeiro 21, 2017

Autonomia autónoma

A última vez que o Tiago foi ao dentista marcou a consulta seguinte, e fez tudo sozinho (só não pagou...). E marcou para as 9h de dia 18 (quarta-feira passada) .
No dia 17 telefonaram ao papá para confirmar a consulta, e ele lá confirmou, embora sem perceber como é que isso tinha acontecido.
A mamã esclareceu tudo, porque ele não se lembrava que tinha sido o Tiago que tinha marcado de propósito para essa hora, porque às quartas-feiras ele não tem aulas de manhã.
Assim, vai sózinho à consulta enquanto a mamã sai à mesma hora que ele (e o papá ainda mais cedo). Quando a consulta acabar vai para o ATL e depois mais tarde para a escola.
A grande questão aqui é que o papá (e a mamã) não estão habituados a tanta autonomia e responsabilidade por parte do Tiago, e obviamente estranham sempre que isso acontece.

sexta-feira, janeiro 20, 2017

Testes já marcados

Aí vêm eles...

Consumo excessivo... e não foi de comida! (desta vez)

Cá por casa mudamos de operador de telecomunicações e TV, e o papá esteve este fim de semana a rever as contas para ver quanto é que tinha ainda de pagar no último mês de utilização do operador antigo.
Resumindo, digamos que ele não ficou muito satisfeito com o consumo que o Tiago teve de telefone, e que o papá vai ter que pagar entretanto. Acho que ele abusou um bocadinho da internet o mês passado.
Em resumo ficou de castigo e sem poder usar o telemóvel, tablet e computador por tempo indefinido.
Vou só apontar na minha memória para ver se não faço o mesmo quanto tiver telemóvel...
(Foram mais de 54€!! além dos 10€ mensais.)

quinta-feira, janeiro 19, 2017

Family Tree - trabalho do 3º ano



... em execução para entregar na próxima quinta-feira dia 26.

Ingrata ou revoltada?

No Domingo passado, aliás como quase todos os dias, andava eu de roda dos gatos, neste caso o objetivo era tirar a Milady da sala para que voltasse à cozinha, quando ela se chateia comigo e me morde e arranha a mão.
Chorei muito...não sei se de dor, se do susto, se de desgosto porque gosto tanto dela e ela me tratou mal...
Logo a mim, que lhe dou tantos miminhos...
Será que é porque a chamo "gorda" e ela se está a começar a revoltar?
As gajas deviam unir-se sempre...

quarta-feira, janeiro 18, 2017

HearthStone à moda dela


Há algum tempo a Joana fez-me um desenho de um jogo que eu costumo jogar.
Está parecido com o jogo mas ainda falta animá-lo compturizadamente.

(clica nas imagens para aumentar)

Ah e tal, apanhei muito trânsito...

O papá na quarta feira da semana passada foi viajar em trabalho, mas era suposto sair cedo e voltar à hora de jantar.
Claro que a mamã torceu logo o nariz quando ele disse que voltava à hora de jantar, desconfiando que isso não fosse acontecer.
E não é que ela tinha razão. É mesmo uma bruxinha!
No dia seguinte o papá disse que só chegou a casa já passava das 23h, estávamos já todos a dormir.

terça-feira, janeiro 17, 2017

Melhor Mãe...

Prémio acabado de entregar...

Há hábitos que nunca mudam

Muda muita coisa de ano para ano cá em casa,estamos os dois a crescer e é normal que os nossos hábitos mudem, os nossos gostos evoluam, a nossa maneira de ser se vá refinando e definindo, etc... 
Mas há uma coisa que se mantém na mesma. Quando vamos para a cama ficamos na conversa pelo menos 1 hora, e o papá e a mamã a gritar para nos calarmos.
Parecemos uns miúdos giros e tal, mas somos umas pestes desobedientes quando queremos...

segunda-feira, janeiro 16, 2017

Hoje é dia de festa!!! (Papeira e experiências a dobrar)


Hoje o meu amigo que tinha papeira (uma doença) voltou!!!
Como o André ficou melhor da tal doença eu e os meus amigos brincámos todos com ele. 
*
Na escola fizemos duas experiências e normalmente só fazemos uma por semana. 
Uma delas era pegar num copo e pôr gelo. Notámos todos que as paredes do copo ficaram embaciadas.
Na segunda experiência precisámos de 2 sacos com manteiga, 2 sacos com leite, 2 sacos com açúcar, 2 sacos com mel, gelo e água quente. 
Colocámos um saco de manteiga no gelo e o outro saco de manteiga na água quente e.t.c.
Os alunos foram vendo e passando os sacos aos outros colegas, por exemplo: o leite quente pela mão depois o leite frio.
Vimos e registámos as conclusões :)

Calor fresquinho


Nos anos anteriores, no final do verão compramos lenha. Muita lenha. Ultimamente, uma tonelada de lenha. Isso. 1000 kg.
Este ano não nos portamos bem. A primeira vez que acendemos a lareira foi pouco antes do Natal.
Não é que não fizesse frio, mas ainda não tinhamos comprado lenha e apenas tinhamos uns restos que sobraram do ano passado.
E foi assim, com lenha do ano anterior que abrimos a época da lareira cá em casa.
Agora, em vez de comprarmos uma grande quantidade vamos lá comprar de vez em quando. Pode ser que não tendo tanta lenha sempre à disposição também não gastemos tanto dinheiro...mas também não temos sempre a casa muito quentinha...

domingo, janeiro 15, 2017

Vou ver este espetáculo... BREVEMENTE...

...com todas as turmas do 3º ano do meu agrupamento!
O gato das botas
Os objetivos da visita são:

No ano em que comemora 40 anos, o til – teatro infantil de Lisboa aposta mais uma vez numa adaptação surpreendente de um conto de Charles Perrault!
Um espetáculo em que o teatro se funde com a música, a representação, a dança e a literatura, bem como a composição plástica e o audiovisual. Com uma equipa de criativos de excelência,

O conto
A história fala sobre o filho mais novo de um moleiro que herda do pai um gato de estimação, enquanto os mais velhos herdam um moinho e um burro. O rapaz, que ficou indignado com a escolha, descobre que o gato fala. Mas o gato, que até o convence a comprar-lhe um belo chapéu e umas lindíssimas botas para o poder acompanhar numa viagem pelo reino, vai demonstrar-lhe que um amigo leal e astuto, como ele, pode valer muito mais que todas as riquezas do mundo.

A busca por riqueza, a fuga da pobreza, da extrema miséria, tornou-se um sonho recorrente em contos como este. E por isso a história traz-nos uma importante lição: a da esperança de que mesmo o mais infeliz pode ter sucesso na vida.
Copiado daqui.


sábado, janeiro 14, 2017

Árvore de Natal feita de mãos (as minhas)

A minha professora de inglês (sim, EU tenho inglês no 3º ano, é a primeira vez que acontece no 1º ciclo), disse-nos em dezembro para escolhermos uma das duas atividades do manual para fazermos: ou uma Árvore ou uma grinalda de Natal.
Eu escolhi a Árvore e ficou assim:
Só agora é que ela nos devolveu este trabalho.
Se notarem bem os meus dedinhos estavam muito magros no fundo da Árvore, mas consoante nos fomos aproximando do Natal fui engordando (mentira!!!)

Blablablatopoulos...

Hoje o papá lembrou-se que foi à precisamente 7 anos que foi feito o diagnóstico que o Tiago tinha o Síndrome de Panayiotopoulos.
Nunca mais teve nenhuma convulsão, e pela descrição da doença nunca mais deverá ter.
Foi um susto muito grande na altura, ainda por cima eu andava num entra e sai de hospital por causa dos problemas respiratórios, e os papás estavam mais para lá do que para cá.
Se quiserem ler um pouco mais sobre o que se passou podem recordar este post do dia da ocorrência, e este, do dia do diagnóstico.
Nós recordamos o susto, mas celebramos as melhoras rápidas e o facto de nunca mais ter ocorrido.

sexta-feira, janeiro 13, 2017

quinta-feira, janeiro 12, 2017

Cocó com Éme

Houve aí um dia em que a mamã se chateou mesmo a sério. De repente ia dizendo um palavrão:
- Isto é uma grande mmm...
O Tiago interrompeu-a e disse:
- Um grande Cocó com M!!

Como fazer um livro: Finalmente pronto

Mais um vídeo publicado pela mamã.
Já subscreveram o canal?

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin